11/08/2016 às 13:57 - Atualizado em 02/02/2018 às 16:41

Ao menos 88% dos comerciantes acreditam em vendas regulares para o Dia dos Pais

Pelo menos 88% dos empresários de Rio Branco acreditam que as vendas para o Dia dos Pais, celebrado no próximo domingo, 14, seja entre regular (41%) e boa (47%). O estudo é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomércio/AC), por meio do Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Acre (Ifepac), e foi realizado junto a 155 comerciantes entre os últimos dias 3 e 5 de agosto.

Ainda de acordo com a pesquisa, 65% do comércio local acredita que o Dia dos Pais representa uma data oportuna para o aumento das vendas de produtos para o consumo ou uso masculino. Outros 30% apontam a data como oportuna para a avaliação inicial relacionada à expectativa das vendas para o segundo semestre de 2016.

O levantamento constata ainda, que 35% do empresariado acredita em crescimento das vendas, enquanto outros 34% apostam na redução. Dos que acreditam em aumento, 45% acham que deve ser de até 10% e, dentre os pessimistas, a redução deve ser de também 10%.

Mesmo diante da pouca expectativa grandes vendas, aproximadamente metade dos comerciantes investiu em compras para estoque, e apenas 6% dos empresários confirmaram a abertura de vagas para empregos temporários já no período do Dia dos Pais.

Além disso, 47% dizem que o pico das vendas deve ocorrer apenas na véspera da data. É o que acredita o comerciante Sidney Batista, que afirma ser costumeiro do acreano comprar apenas nas proximidades da data. “Já é normal, já é cultural, que o acreano só compre na véspera ou no próprio dia”, diz.

Batista acredita também que o otimismo sempre tem de existir, mas relembra que, atualmente, vivemos um momento atípico na economia brasileira. “E, no Acre, não é diferente. O que percebemos é que as pessoas estão se juntando e comprando presentes em coletivo, o que não quer dizer que falte amor, mas infelizmente ainda não há melhorias na economia”, explica.