05/09/2018 às 11:59

Livro "Retrato de Mulher” no projeto Sesc lançamentos neste sábado

“Retrato de mulher” reúne parte dos poemas escritos por Wânia Lília em vários momentos de sua vida
Arquivo Pessoal “Retrato de mulher” reúne parte dos poemas escritos por Wânia Lília em vários momentos de sua vida

O Serviço Social do Comércio no Acre (Sesc/AC), através do projeto Sesc Lançamentos, lança no dia 08, às 19 horas, no Sesc do Centro, mais uma obra da literatura acreana, o livro "Retrato de Mulher", da escritora Wânia Lília Maia Viana. A entrada é franca.

O projeto Sesc Lançamento de Livros existe desde 1996 e visa a parceria com autores acreanos para lançar suas obras literárias. O projeto já atendeu a mais de 200 autores desde sua primeira edição. As ações do Sesc Lançamento de Livros auxiliam no registro, distribuição e acessibilização da cultura feita em Rio Branco e destacam a ação do Sesc como entidade comprometida com formação cidadã através da transversalidade entre educação e cultura. 

A autora

Wânia Lília Maia Viana é acreana, natural de Rio Branco, delegada de Polícia Civil  aposentada, graduada  em  Letras, Direito e Ciências Sociais (Sociologia), todos pela UFAC. Mãe de Marcel Maia Viana e Thiago Maia Viana, ministra palestras em instituições públicas e particulares acerca da violência intrafamiliar, violência  de gênero, ECA, Assédio Moral e  outros temas de relevância social.

Foi instrutora na Academia de Polícia Civil das disciplinas Investigação Policial, Violência de gênero (violência doméstica). Autora de diversos textos publicados em jornais locais; participou da Obra FALADOPOEMA, poesias  acreanas, 2001. Possui poemas em coletâneas de âmbito internacional.

A obra

“Retrato de mulher” reúne parte dos poemas escritos por Wânia Lília em vários momentos de sua vida. Nele, ela fala da mulher real, que ama, sofre, tem medos, dúvidas, mas ao mesmo tempo consegue reagir, ter coragem, fé e esperança em dias melhores. A escritora optou por liberdade formal, deixando a emoção fluir solta, em todos os sentidos. O amor, a esperança, a saudade, o tempo, são, também, alguns dos temas que se abstrai deste livro.  É uma obra que “canta” relações interpessoais, dramas sociais, quando fala do homem comum, da mulher comum e de todos nós.