23/03/2016 às 13:03 - Atualizado em 02/02/2018 às 16:38

Mais de 70% dos acreanos realizarão gastos para comemorar o Domingo de Páscoa

Segundo pesquisa feita pela Federação do Comércio do Acre (Fecomércio/AC), por meio do Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Acre (Ifepac), 76% dos consumidores acreanos devem realizar gastos com produtos de consumo para comemoração no “Domingo de Páscoa”. A pesquisa foi feita junto a 306 consumidores da capital, no período de 15 a 18 de março de 2016.

Dentre os produtos mais desejados destacam-se os ovos de páscoa (56%) e chocolates (20%), seguidos por carne bovina (18%) e bebidas (5%). A pesquisa indica, também, que a maioria das pessoas deve comemorar a data em família: 39% com esposo/esposa e filhos; 18% com filhos e parentes; 18% com os amigos e com 15% com outros parentes.

De acordo com o estudo, 90% dos gastos com produtos para o “Domingo de Páscoa” devem alcançar o valor máximo R$ 200. Apenas 6% estimam gastos valor maiores e outros 5% ainda não sabem quanto devem desembolsar para a comemoração. Além disso, 57% dos consumidores devem optar pelo pagamento dos gastos com o cartão de crédito, outros 41% utilizarão a modalidade à vista.

Quanto ao comércio mais procurado para as compras do “Domingo de Páscoa”, 62% dos consumidores devem dar preferência aos supermercados, e 28%, ao Shopping Center. Outros 2% pretendem fazer suas compras na CEASA e 3% em feiras livres.

Sobre os gastos para o “Domingo de Páscoa”, 67% dos consumidores afirmam que não haverá excessos, enquanto outros 20% não se preocupam quanto a essa possibilidade. Com relação à quantidade de “ovos de páscoa” a comprar para o “Domingo de Páscoa”, 40% dos consumidores expressam o desejo de comprar dois. Outros 26% tem pretensão de comprar um, seguidos de mais 19% que devem comprar três. .

O levantamento aponta ainda que 33% dos consumidores acreanos devem preferir aqueles de “tamanho pequeno” e 20% os de “tamanho médio”. Com relação à preferência quanto a marcas de fabricação dos “ovos de páscoa”, 46% admitem a preferência. Outros 44% não demonstram preocupação para a questão e 10% não se manifestam a respeito.

A pesquisa conclui que 57% dos consumidores pretende gastar entre R$20 a R$40 para cada unidade dos ovos de páscoa. Outros 22% demonstram disposição para desembolso de valor entre R$40 e R$60. Assim, a cada 10 consumidores, aproximadamente oito devem desembolsar entre R$20 e R$60.

Medo de dívidas

A pesquisa demonstra que menos de 80% dos consumidores ainda vêm pagando as suas dívidas no trimestre em curso. Porém destes, 65% já esboçam preocupação quanto a baixa no poder aquisitivo da renda própria o que debitam aos cenários evidenciados pela crise instituída no país. Destaque-se que 22% dos consumidores do Acre já estão substituindo bens de consumo por semelhantes inferiores no sentido de conseguir atender suas necessidades essenciais.

Dentre outros fatores que preocupam os consumidores, a pesquisa destaca 20% que apontam os constantes aumentos dos preços administrados pelo governo (energia, combustível, transportes etc), assim como outros 19% que demonstram mais preocupação com a alta constante dos juros de mercado.

Foto: Divulgação