14/01/2016 às 12:31 - Atualizado em 02/02/2018 às 16:38

Para 58% dos empresários do comércio, Natal de 2015 não foi satisfatório, diz Fecomércio/AC

Por meio de pesquisa que contatou 156 empresários, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomércio/AC), através do Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais (Ifepac), constata que 58% dos empresários registraram resultado abaixo das expectativas no Natal de 2015. O levantamento, realizado entre os últimos dias 6 e 8 de janeiro, destaca o movimento do mercado de consumo – como desemprego, disparada do dólar, inflação e juros altos – como fatores para o resultado.

Dos empresários que tiveram queda nas vendas, 43% debitam o fato ao elevado endividamento do consumidor e gastos em valores reduzidos. Ainda de acordo com a pesquisa, 42% destacam que as vendas saíram conforme as expectativas e, destes, 42% apontam o 13º salário como principal variável e, 23%, à própria tradição da data.

Para 62% dos empresários, o desemprego, a alta do dólar, a inflação e os juros altos foram os fatores básicos para o comprometimento do resultado esperado das vendas no Natal de 2015. Além disso, das alternativas apontadas pelos empresários que visaram minimizar ainda mais as perdas, 31% destacam a baixa de preços como a mais acertada, enquanto 29% acreditam que a “promoção dos produtos empatados” se apresentava, à ocasião, como melhor alternativa.

Apesar do resultado das vendas, 70% dos empresários não pensam em demissão decorrente, tendo em vista que não houve maiores contratações no período. Porém, 30% admitem providências para um processo de demissão.