05/05/2016 às 11:02 - Atualizado em 02/02/2018 às 16:39

Para alcançar empresas, Segs se propõe a novos desafios

Os representantes das Federações de Comércio estaduais e nacionais participantes do Programa de Excelência em Gestão Sindical (Segs), reunidos na Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), no Rio de Janeiro, durante os dias 25 e 26 de abril, se propuseram a um novo desafio: estruturar ideias e ações para que o programa alcance as empresas representadas pelas federações e sindicatos de comércio de todo o País, contribuindo, assim, para que tenham mais competitividade em suas atuações.

Nesse sentido, os trabalhos do XIX Encontro de Multiplicadores do Segs foram desenvolvidos com a participação direta daqueles que fazem o Segs acontecer nas bases. A pauta foi estruturada com os objetivos de refletir sobre o programa e sobre as formas de atuação no eixo gerencial; analisar oportunidades de melhoria das iniciativas do programa; e projetar as ações conjuntas para o ciclo 2016.

Na abertura do dia 25, Rodrigo Wepster, do Departamento de Planejamento (Deplan) da Confederação, explicou que o formato da reunião foi construído com base nas demandas dos próprios participantes. A necessidade de mais encontros, por exemplo, foi uma delas. “Nossas ações precisam de oxigenação, e para isso estamos aqui: para refletirmos sobre o programa, dentro do eixo de atuação gerencial, que é transversal e apoia as ações dos sindicatos”, disse Wepster.

Para Marcos Arzua, secretário-geral da CNC, os multiplicadores do Segs nas Federações têm papel decisivo para o sucesso das iniciativas. Nesse sentido, fez um pedido aos presentes: “É importantíssimo levar para fora as conclusões a que chegaremos aqui. Vocês são os promotores deste trabalho em seus estados”, disse. Desde 2008, o Segs já promoveu mais de 8 mil horas de consultoria e treinamentos para 445 entidades que, em média, participam anualmente do programa. Nos dois dias do encontro, os multiplicadores puderam participar de dinâmicas para, entre outros temas, planejar inovações, analisar oportunidades de melhoria e priorizar os próximos passos.

 Fatores de sucesso

O secretário da Fecomércio/AC, Valdemir Alves Nascimento, participou das reuniões e disse que o Segs foi desenvolvido para ajudar as entidades no melhoramento do sistema de gestão interna. “O Segs vem para somar com as Federações. Através desse sistema podemos desenvolver ações com mais eficácia de modo que através dos Sindicatos os empresários tenham cada vez mais melhorias em suas ações. As Federações e Sindicatos, estão cada vez mais preparadas para apoiar todas os empresários do comércio de bens, serviços e turismo em cada canto do país”, afirma Nascimento.

Marketing Associativo

No segundo dia de atividades (26), a assessora de Comunicação Luciana Neto falou aos multiplicadores sobre o projeto de Marketing Associativo. “O objetivo da iniciativa é preparar as entidades para se apresentarem ao mercado, utilizando um material alinhado com a comunicação do Sistema Comércio”, afirmou Luciana. Segundo ela, também são objetivos da iniciativa gerar uma maior aproximação com os empresários, incentivando um contato mais constante e a comunicação de ações e produtos e serviços; capacitar as entidades a planejar, realizar e monitorar ações que promovam a instituição e divulguem suas ações; disponibilizar peças para divulgação e apresentação dos sindicatos; e promover uma campanha de valorização sindical e do Sistema Comércio. Marcelo Vital, também da Assessoria de Comunicação da CNC, falou sobre o projeto Sites Sindicais para os participantes do encontro.

Informações e Fotos: CNC