29/05/2019 às 18:04 - Atualizado em 29/05/2019 às 18:05

Representantes do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC se reúnem com superintendente da Suframa

Levar o trabalho da Suframa aos empresários que ainda desconhecem o projeto seria, segundo Alfredo, é uma das principais intenções e necessidades do momento.
Levar o trabalho da Suframa aos empresários que ainda desconhecem o projeto seria, segundo Alfredo, é uma das principais intenções e necessidades do momento.

Representantes do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC se reuniram nesta quarta-feira, 29, na sede da instituição, com o novo superintendente da Suframa, cel. Alfredo Alexandre Menezes Júnior. O objetivo era falar sobre os desafios da gestão e questões ligadas à economia local junto aos empresários, além de apresentar parceria firmada entre a Suframa e demais entidades do Sistema S.

A comitiva foi recebida pelo presidente em exercício, pelo superintendente e pelo assessor técnico do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC, Marcos Lameira, Deywerson Galvão e Egídio Garó, respectivamente.

O presidente em exercício, Marcos Lameira, disse que momentos como o atual exigem a união. “Estamos todos ansiosos e iremos, com certeza, ajudar no trabalho desenvolvido pela Suframa em prol dos empresários”, afirmou.

Alfredo mostrou os pontos importantes e os ajustes que devem ser feitos para trazer benefícios aos empresários, além de buscar soluções para entraves. “Muitas vezes, o próprio empresário desconhece o trabalho da Suframa. Agora, estamos fazendo uma força-tarefa para que todos conheçam o nosso trabalho e, ainda, consigamos movimentar a economia”, destacou, complementando ainda que a missão é tentar levar ao empresário a segurança jurídica. “Ninguém quer investir sem saber se vai voltar a ter os investimentos. Nossa missão é essa: mostrar que tudo pode ajudar na economia”, reiterou.

Levar o trabalho da Suframa aos empresários que ainda desconhecem o projeto seria, segundo Alfredo, é uma das principais intenções e necessidades do momento. “Estamos fazendo uma força-tarefa para que os empresários tenham conhecimento dos incentivos fiscais ofertados pela Suframa, principalmente nas Áreas de Livre Comércio, como é o caso de Brasileia, Epitaciolândia e Cruzeiro do Sul”, disse.

Para o diretor da Federação das Indústrias do Acre (Fieac), João Paulo de Assis Pereira, é fundamental saber destas questões tanto para o comércio quanto para a indústria. “O empresário tem a obrigação de saber seus direitos e deveres, isto é fundamental para a sobrevivência da empresa. Essa parceria veio para somar”, finalizou.