13/01/2016 às 16:57 - Atualizado em 02/02/2018 às 16:38

Segundo pesquisa da Fecomércio/AC, 65% dos rio-branquenses presentearam no Natal 2015

Com o objetivo de avaliar os resultados de gastos e consumos durante o Natal 2015, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomércio/AC), em parceria com o Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Acre (Ifepac), realizou, entre os últimos dias 7 e 8 de janeiro, um estudo junto a 435 consumidores da capital acreana. Dentre um dos resultados registrados, a instituição constatou que 65% dos rio-branquenses presentearam no período natalino.

Dos 35% dos entrevistados que consumiram alegam situação financeira incompatível, e 13% afirmam, ainda, não ter o hábito. Além disso, segundo o estudo, 45% dos consumidores gastaram menos no Natal de 2015, caso se compare os gastos com o mesmo período de 2014.

Ainda de acordo com a pesquisa, 27% da população consumidora desembolsou entre R$ 100 e R$ 200; 25% realizou gastos entre R$ 200 e R$ 400. Além disso, o levantamento aponta que 75% dos clientes realizaram os correspondentes pagamentos na modalidade à vista – em dinheiro ou cartão de débito. Outros 21% optaram por pagamentos parcelados e sem juros, sendo que apenas 3% realizaram as compras com a incidência de acréscimos no preço original do produto.

O estudo revela também que 83% dos consumidores não atingiram seus limites de crédito, haja vista que o salário extraordinário de dezembro se apresentou suficiente para as compras necessárias. Dos 17% que usaram limites de crédito, 53% recorreram ao limite, e 24%, ao cheque especial.

A pesquisa conclui que, à exceção de 28% dos consumidores que não recebem o 13º salário, mais da metade dos 65% que realizaram gastos com presentes natalinos usaram este ganho para o pagamento. Daqueles que não usaram o 13º salário, 36% utilizaram no pagamento de dívidas.